Pesquisas Eleitorais

A pesquisa qualitativa é feita a partir de grupos de discussão, com 7 a 10 pessoas, mediado por um profissional que deverá estar familiarizado com os métodos próprios dessa modalidade de pesquisa de opinião. Permite gerar insights e compreender sentimentos e predisposições do público a determinado tema. São resultados que não podemos generalizar ou dimensionar. Servem principalmente para elaborar hipóteses que são, posteriormente, verificadas em pesquisas quantitativas. Pesquisas qualitativas se prestam, também, a subsidiar campanhas de imagem, seja de produtos, de marcas, de instituições ou de pessoas.

Entrevistas em profundidade são aplicáveis em casos em que se precise conhecer opiniões individuais de alguém que ocupe uma posição relevante para a um mercado, instituição, ambiente sociopolítico. Essa pessoa pode ser alguém de decisão, ou formador de opinião, ou representante de uma categoria. O objetivo é extrair deste indivíduo as percepções que o singularizam naquela posição de pessoa de decisão. São conversas estruturadas, conduzidas a partir de metodologia específica, pautadas por perguntas diretas ou por um roteiro implícito que o moderador vai introduzindo a partir de um formato de conversa livre.

Serviço de envio de mensagens de/por políticos para públicos específicos, organizados em base de dados segmentadas.

Acompanhamento por pesquisas qualitativas, com grupos selecionados de eleitores, dos programas eleitorais, em tempo real. Instrumento usado pelos profissionais que produzem os programas, permitindo ajustes em imagens, força de argumentos e demais ferramentas de comunicação.

São as ações e medidas de natureza administrativa, econômica, social, e ambiental que uma candidatura majoritária propõe aos eleitores em época de eleição. Consta, ao final, de um documento a ser apresentado e debatido em diversos momentos de uma campanha eleitoral.

Entrevistas presenciais, em que o entrevistador e o entrevistado se encontram fisicamente no local da entrevista, em oposição a pesquisas online, telefônicas etc.

Pesquisas quantitativas face a face nas residências dos entrevistados, com metodologia específica que assegura a representatividade da amostra. Especialmente relevante quando o corte por região político administrativa, ou de bairro, é necessário ao estudo.

Realizadas em pontos de fluxo, como ruas comerciais ou entradas ou saídas de transportes públicos. Neste caso, o método de amostragem é rigoroso, prevendo intervalos específicos entre abordagens e outras regras que assegurem aleatoriedade.

Entrevistas feitas em centrais telefônicas, em oposição à entrevista face a face ou em locais de fluxo. O sistema de pesquisas telefônicas da Datamétrica dispõe de uma central de teleatendimento própria (com tecnologia VoIP) e capacidade para realizar ligações para todo o Brasil.

Método que permite o monitoramento da opinião pública no tempo a respeito de algum tópico (intenção de votos, imagem de candidatos, satisfação com produtos ou marcas etc). Feito a partir de metodologia própria de coleta e processamento de dados.

Gestão Pública

Pesquisas quantitativas e qualitativas feitas com sistematicidade, objetivando acompanhar o impacto que ações e medidas de governo e seus governantes têm na opinião do cidadão. Serve também para definir rumos de investimentos públicos, ao subsidiar governantes com a compreensão das prioridades da população.

Mede, a partir de indicadores específicos desenvolvidos, o contentamento com a gestão pública em cada área de atuação da mesma, ajudando os secretários e diretores a melhorar sua gestão, a definir prioridades e a comunicar melhor suas realizações.

Combinação de pesquisas qualitativas e quantitativas que compreendem e avaliam as preferências e percepções do cidadão, facilitando e aperfeiçoando a comunicação institucional.

É uma ferramenta fundamental para auxiliar o gerenciamento e retenção do capital humano das empresas. Através desse tipo de pesquisa é possível saber como anda a imagem da empresa entre os seus colaboradores e conhecer as razões de possíveis insatisfações. A pesquisa pode ser realizada por intranet.

Marcas e Produtos - Pesquisas de Marketing

Conjunto de pesquisas quantitativas e qualitativas que subsidiam desenvolvimento, aperfeiçoamento e mudanças em marcas e produtos. Usada pelo marketing das empresas ou por agências de publicidade, sejam estes internos ou terceirizados.

Elaborados para analisar socioeconomicamente diferentes grupos de consumidores e indicar as possibilidades de consumo desses grupos a partir do estudo de seus padrões de compra. Indicado para empresas privadas de qualquer área de atuação.

Identificação da relevância de cada segmento para subsidiar a escolha de segmentos-alvo numa abordagem econômica/comercial específica.

Estudo de conceitos, valores e benefícios de uma marca no seu segmento-alvo. Auxilia estratégias de comunicação e marketing, bem como direcionamentos de investimentos.

Pré-testes e tracking de campanhas publicitárias.

Políticas Públicas

Estudos de avaliação de eficácia e efetividade de programas ou políticas. Esses estudos envolvem análises qualitativas e/ou quantitativas dos beneficiários dos programas. Análise de documentação, elaboração de amostras específicas para cada estudo com grupos de controle, ou ainda análise de dados secundários. Em geral, faz-se uso de métodos estatísticos de identificação de impacto, como, por exemplo, diferença em diferenças.

A Datamétrica trabalha com mais do que análises descritivas dos dados. A expertise do seu corpo técnico permite analisar os dados por meio modelos de regressão múltipla para identificação de determinantes de interesse. Esse tipo de análise leva a resultados mais precisos e detalhados a respeito do objeto de estudo.

Estudos de Mercado

Estudos de mercado que permitem entender os aspectos quantitativos e qualitativos da área ou setor em que a empresa pretende atuar ou já atua. Através de pesquisas qualitativas e/ou quantitativas é possível identificar o tamanho estimado do público-alvo, os principais concorrentes, valores de mercado, comportamento dos consumidores, entre outros aspectos importantes.

Indicadas para empresas públicas e privadas, as análises de viabilidade são normalmente utilizadas quando se quer verificar as consequências de alguma intervenção ou ação nos mercados. Servem para que o empreendedor saiba como a sociedade avalia os impactos de um determinado projeto.

Indicadas para empresas públicas e privadas, as análises de custo-benefício são normalmente utilizadas quando se quer verificar as consequências de alguma intervenção ou ação nos mercados. Servem para que o empreendedor saiba como a sociedade avalia os impactos de um determinado projeto.

Projeções de Agregados Econômicos

Estimativas dos PIBs estaduais com base em modelos econométricos. As projeções permitem construir cenários para expansão de empresas dentro dos seus planos estratégicos.

Realizadas a partir de indicadores de importantes setores da economia, esse tipo de análise investiga a conjuntura e as principais tendências econômicas do mercado. É normalmente destinada a instituições públicas ou empresas privadas com atuação em diversos segmentos de negócios.

Cadastramento, censo e dimensionamento de fluxo

Servem para criar ou atualizar bases de informações de diversas naturezas. Têm sido muito utilizados por gestões públicas para checar a veracidade de informações sobre beneficiários de programas sociais e para atualizar quantitativos de servidores públicos existentes, por exemplo.

Servem para criar ou atualizar bases de informações de diversas naturezas. São muito utilizados por gestões públicas para fins de indenização de propriedades.

Os cadastramentos ou recadastramentos servem para criar ou atualizar bases de informações de diversas naturezas. Têm sido muito utilizados por gestões públicas para recalcular valores de IPTU com base em redimensionamento do imóvel ou valorização/desvalorização da região.

Realizada para medir o fluxo de pessoas ou de veículos de um determinado local durante um intervalo de tempo, a pesquisa de fluxo é ferramenta fundamental para um planejamento eficiente de locais de grande fluxo de pessoas como aeroportos, estações de metrô, rodoviárias ou shopping centers, sendo também muito utilizada para estimar demanda potencial de compradores ou público potencial de uma determinada propaganda.

Trata-se de rigorosa forma de cadastramento, em que se pretende abranger o universo da população ou de estabelecimentos em questão. Muito usada, no caso de empresas privadas, para registro de pontos de venda de alguma marca ou produto, ou de estabelecimentos de mesma natureza por localidade (ex. postos ou farmácias em determinada região de uma cidade).

Inteligência Artificial

Em desenvolvimento

Uso de modelos baseados em machine learning para projeções de crescimento local. Normalmente destinadas a empresas que buscam informações que sirvam de base para estratégias de expansão, principalmente para áreas fora dos grandes centros.